Sete características de um falso convertido – Renato Vargens

As igrejas brasileiras estão lotadas de frequentadores ávidos pelas bênçãos de Deus. Basta olharmos para os “templos” evangélicos que facilmente chegamos a essa conclusão. Contudo, como todos sabemos, nem todos aqueles que frequentam os cultos em nossos ajuntamentos, verdadeiramente podem ser considerados cristãos. Isto posto, resolvi elencar pelo menos sete características de um falso convertido, senão vejamos:
1-) Um falso convertido apesar de religiosamente frequentar os cultos de uma igreja vive na pratica do pecado.
2-) Um falso convertido não desenvolve a pratica da oração, da leitura da Escrituras e da comunhão dos santos.
3-)Um falso convertido apesar de estar arrolado como membro de uma igreja, não frequenta os cultos de sua comunidade local, portanto, não ouvindo a palavra, nem tampouco, participando dos sacramentos.
4-) Um falso convertido relativiza a Bíblia, pondo-a em duvida, considerando assim os ensinamentos nela contida, como arcaico e ultrapassado.
5-) Um falso convertido rejeita a disciplina bíblica, preferindo viver a vida conforme os seus achismos e opiniões pessoais.
6-) Um falso convertido semeia contendas, divisões e conflitos na “communion sanctus” contribuindo assim com o adoecimento da igreja local.
7-) Um falso convertido não vive para a glória de Deus, antes pelo contrário, vive para a satisfazer suas vontades carnais, não se preocupando assim com aquilo que Deus pensa, diz, ou considera como padrão de vida cristão.
Pense nisso!
Renato Vargens
Rafael Willison

Rafael Willison

É casado com a contadora Thais e pai da Luísa, é formado em Tecnologia da informação pela Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica e em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá, é especialista em infraestrutura e segurança de redes de computadores e apaixonado por Cristo, teologia e livros.

Conteúdos Relacionados